Receita – Açorda de Marisco

RECEITA

Açorda de Marisco

Receita Açorda de Marisco AADIC

Ingredientes (4 pessoas)

Ingredientes:

Pão duro (400g)
1 embalagem de cocktail de marisco ou Mariscada congelada (400g)
2 cebolas grandes
10 dentes de alho
1 ramo de coentros
2 folhas de Louro
3 tomates frescos médios pelados (400g)
2 c. de chá rasas de pimentão doce
1 maçã pequena (120g)
4 colheres de sopa de azeite
3 copos de água (600ml)
Rúcula/cenoura ralada – q.b.

Modo de preparação

Prepare os ingredientes, lave e descasque os legumes/maçã e ervas aromáticas.

Numa tigela, coloque o pão duro com 6 dentes de alho e coentros, incluindo o pé, picadinhos. Regue com 1 copo de água. Reserve.

Num tacho grande, coloque com 2 c. de sopa de azeite, a cebola, o alho e o tomate sem pele em pedaços pequenos e 2 folhas de louro. Deixe cozinhar um pouco e junte meio copo de água. Deixe apurar.

Coloque a mariscada congelada. Deixe cozinhar 10-15 minutos.

Na hora

Certifique-se que o pão está bem molhado, misture-o, mexendo bem.

Junte à mariscada 1 copo de água, quando estiver a ferver deite o pão e misture muito bem com o caldo e o marisco.

Deixe ferver, mexendo sempre até estar na consistência de açorda.

Tempere com 4 c. de azeite e os restantes coentros picadinhos.

Sirva com salada de rúcula e cenoura ralada.

Sabia que:

  1. A açorda é uma receita sustentável e económica. Utiliza sobras de pão e de outros alimentos (Hortícolas/Leguminosas/carne/peixe…)
  2. A literatura histórica sugere que a sua origem vem desde o tempo em que a Península Ibérica se encontrava sob domínio árabe, mas não com o nome de “açorda”, mas sim o de sopas. Esta designação “açorda” ou Tarida aparece pela primeira vez num livro de Cozinha Árabe do século X/XI.

Nos dias de hoje, as sopas de pão que são confecionadas nas Beiras ou Trás-os-Montes não têm o nome de “açorda”.